quarta-feira, 5 de abril de 2017

ESPERAR CONFIANTE NO PAI CELESTIAL.


            Ninguém é "forte" o suficiente ao ponto de nunca sentir-se "fraco" diante de alguns momentos. E ser "forte" não significa não sentir "dor", não sentir "medo", não "desmotivar-se", ou não "decepcionar-se". A "força" tem muito mais a ver com o que você pode "suportar", do que aquilo que você nunca sentiu. Só sabemos o quanto somos fortes quando testamos nossas habilidades de "resistência", por isso, não é desumano e nem incompreensível a condição de nos sentirmos "enfraquecidos" ou "frustrados", mediante alguns trechos do nosso caminho. Isso não quer dizer que perdemos a fé, apenas que o "esforço" da caminhada por vezes nos deixa "cansados", mas nunca completamente desacreditados. Pois mesmo sob certas circunstâncias estando "exaustos" da luta cotidiana, e por mais que estejamos "decepcionados" ou "desmotivados", ainda assim, não devemos "desacreditar" da "ação extraordinária" de Deus sobre nossas vidas, tal qual o exemplo de seu filho Jesus Cristo, que mesmo em meio aos maiores desafios e injustiças, jamais deixou de esperar no Pai Celestial.

A palavra para hoje é CONFIAR.