quinta-feira, 6 de abril de 2017

MUDAR OS PLANOS QUANDO FOR NECESSÁRIO.


               Quando fazemos planos e montamos as estratégias para alcançarmos a realização de um objetivo, geralmente não contamos muito com as probabilidades negativas, e na maioria das vezes não damos muita importância a possibilidade de que algo dê errado, e que por isso tenhamos que desistir do nosso propósito, ou que precisemos recomeçar sob novas perspectivas. Mas, apesar de todo o "otimismo" que é necessário para alimentarmos nossos projetos e sonhos, é preciso também que sejamos "realistas" sobre nossas chances de acertos e vitórias, e estejamos "atentos" sobre possíveis "desacertos" diante da nossa rota. Então, quando algo não sair da maneira que planejamos, não deixemos que o sentimento de "fracasso" nos paralise, nos desmotive, e nem nos impeça de recomeçar. Se preciso for, que estejamos preparados para trocarmos​ o percurso, e para remontarmos novos planos, modificando nossas estratégias, e buscando uma nova opção para dar andamento aos nossos propósitos.

A palavra para hoje é MUDANÇA.